Campanha sobre o desaparecimento infanto-juvenil

Desenvolvimento de uma campanha sobre o desaparecimento infanto-juvenil que consistiu em palestras direcionadas aos funcionários da SOCICAM (Sociedade Civil Campineira), empresa que administra os terminais urbanos e rodoviários da cidade de São Paulo, e aos funcionários da São Paulo Transportes/AS (SP-Trans), entre eles motoristas e cobradores de ônibus, fiscais de plataformas, recepcionistas, técnicos de manutenção, técnicos administrativos e seguranças, que foram os agentes multiplicadores para os 63.000 funcionários. Esses profissionais foram esclarecidos sobre a gravidade do desaparecimento, e sobre o que fazer em caso de suspeita de uma criança ou adolescente que possa ser um desaparecido. Esta campanha foi lançada na semana do dia 13 de dezembro de 2006 para a população de São Paulo por meio da impressão e distribuição de cartazes nos 15.000 ônibus que circulam diariamente pela cidade e nos terminais de ônibus urbanos e rodoviários. Também, foi realizado um filme de 3 minutos sobre a campanha, transmitido em telões nos terminais de ônibus urbanos e rodoviários. Participaram dessa campanha o Instituto Maurício de Sousa que fez a arte do cartaz, a Suzano Papel e Celulose que doou os papéis para a impressão e a Gero Produções, produtora do filme da campanha. Dezembro de 2006.

 
 
© 2014 Caminho de Volta.Todos os direitos reservados.